Paraná se prepara para fazer quase dez vezes mais exames diários de Covid-19

Uma parceria firmada entre o Laboratório Central do Estado (Lacen) e o Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP) vai multiplicar exponencialmente a capacidade de realização de diagnósticos para exames de Covid-19 em território paranaense. Atualmente, o Lacen consegue processar 600 diagnósticos por dia. Nas próximas semanas esse número poderá chegar até 5.000 testes por dia.


Por conta do limite do Lacen, atualmente a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) indica que a coleta para o exame seja feita apenas em pacientes específicos, como os que apresentem sintomas graves, ou em pessoas que tiveram contato com casos confirmados, além de profissionais da saúde e segurança pública. Com essa medida, grande parte dos casos leves da doença ficam de fora da estatística oficial. Estimativas da própria secretaria de saúde apontam que 80% dos casos da doença são leves, ou seja, o que se vê nos boletins é apenas a “ponta do iceberg”.


O investimento para a “transformação” de parte do IBMP em laboratório é da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Por enquanto, somente a Secretaria de Saúde do Paraná envia testes para serem feitos por lá, mas, com a ampliação, o local deve se tornar referência para receber os exames de toda a região Sul caso os números da doença aumentem além da capacidade dos estados.


Nos próximos dias, segunda a Sesa, os laboratórios das universidades estaduais de Maringá (UEM) e Londrina (UEL) também vão passar a realizar os testes para ajudar a acelerar a obtenção dos resultados.





Folha de Palotina e região

Empresa Jornalística Folha de Palotina Ltda. - CNPJ 81.680.688/0001-08

Rua Vereador Antonio Pozzan, nº 573 - Centro - Palotina/Paraná - CEP: 85.950-000

(44) 3649-2690 - Jornal impresso semanário

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram