Governo do Paraná fecha parceria para produzir vacina contra a Covid-19

O Governo do Paraná fechou uma parceria de cooperação técnica e científica com a China. Com ela, serão permitidas a testagem e a produção de vacina contra a Covid-19 no Estado, por meio do Tecpar, Instituto de Tecnologia do Paraná.


O acordo foi confirmado nesta segunda-feira. O governador Ratinho Junior explicou que agora um grupo de trabalho será formado entre as partes para discutir detalhes técnicos da parceria, como a elaboração do termo científico regulatório e protocolo de validação por parte da Secretaria de Estado da Saúde.


Segundo o governador, a expectativa é que o Paraná seja incluído na terceira fase de testagem da vacina experimental da empresa estatal Chinesa Sinopharm, que começou neste mês nos Emirados Árabes Unidos com a participação de 15 mil voluntários.


Segundo a estatal chinesa, as duas primeiras fases de testes, já encerradas, tiveram 100% de positivação e sem reação adversa grave. Jorge Callado, diretor-presidente do Tecpar, explicou que, além do Instituto, o Governo do Paraná vai colocar a rede de universidades estaduais e hospitais universitários no processo, garantindo mais agilidade ao período de testagem.


No HC já acontece uma fase de testes da vacina batizada como Coronavac, fabricada por outra empresa chinesa, a farmacêutica Sinovac Biotech.O Paraná também pode se tornar parceiro da Rússia na produção da vacina contra o novo coronavírus que está em fase final de testes naquele país.


O assunto deve ser tratado nos próximos dias com o embaixador da Rússia no Brasil, Sergey Akopov. No início desta semana, o governo russo anunciou ter concluído com sucesso a fase de ensaios clínicos do antivírus.


A expectativa é que a vacina esteja disponível no primeiro semestre do próximo ano. O Paraná já se antecipou para garantir recursos para a compra e distribuição de vacinas.

Na última semana, o Governo do Estado enviou uma emenda ao Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2021, para alocar 100 milhões de reais no caixa da Secretaria de Saúde para aquisição de vacinas contra o novo coronavírus.

Cerca de 130 vacinas contra a Covid-19 estão sendo produzidas no mundo. Em estágio avançado estão os estudos realizados pela Universidade Oxford, da Inglaterra.


Com informações da CBN





Folha de Palotina e região

Empresa Jornalística Folha de Palotina Ltda. - CNPJ 81.680.688/0001-08

Rua Vereador Antonio Pozzan, nº 573 - Centro - Palotina/Paraná - CEP: 85.950-000

(44) 3649-2690 - Jornal impresso semanário

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram