Cigarrinha ameaça lavouras no Paraná


Inseto bem pequeno, problema bem grande. A cigarrinha, que já vinha aparecendo há algumas safras no Paraná, tomou proporções ainda maiores em 2020, exigindo gastos extras dos produtores. Em 2019, as perdas foram pontuais, mas este ano o diferencial é o alto percentual de cigarrinhas infectadas, segundo Enoir Pellizzaro, supervisor agronômico da C.Vale. Plantas de milho tiguera em meio a lavouras de soja serviram de abrigo e alimento à cigarrinha. O inseto também se esconde nas matas que margeiam as plantações.

A cigarrinha põe seus ovos nas folhas ou no cartucho do milho e se reproduz rapidamente, principalmente em períodos de altas temperaturas.


Folha de Palotina e região

Empresa Jornalística Folha de Palotina Ltda. - CNPJ 81.680.688/0001-08

Rua Vereador Antonio Pozzan, nº 573 - Centro - Palotina/Paraná - CEP: 85.950-000

(44) 3649-2690 - Jornal impresso semanário

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram