Minerpal oferece um novo produto para melhorar fertilidade do solo


A Minerpal – Mineradora Palotina, a partir de agora, está comercializando um remineralizador que repõe os nutrientes do solo e contribui para aumentar a produtividade das lavouras. Através de uma pesquisa desenvolvida em parceria com a UFPR e a empresa, a Minerpal obteve registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e está oferecendo esta nova alternativa aos agricultores com o pó da rocha basáltica. Esse material rochoso é uma fonte de nutrientes que recompõe a qualidade dos solos.

Como funciona - A adição de novo material rochoso no solo serve de fonte de nutrientes pelo mesmo processo que deu origem aos solos de boa fertilidade. O processo de liberação de nutrientes, em virtude da baixíssima solubilidade do material, é lenta e está diretamente vinculado à granulometria. Por isso, é fundamental a aplicação de um material de granulometria fina.

Dentre os efeitos esperados nas propriedades químicas do solo, por conta da adição de um remineralizador de origem basáltica, temos o aumento do pH do solo com a adição de cálcio e magnésio, aumento nos teores de potássio vinculado ao potássio existente no material e também aumento nos teores de fósforo pela liberação de fósforo fixado aos óxidos de ferro do solo.

Pesquisa - Em Palotina temos agora o primeiro remineralizador com registro no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. O processo de registro do produto ocorreu em parceria da Minerpal, representada pelo Sr. Ademar Pawlowski, com a UFPR, representada pelo Prof. Dr. Augusto Vaghetti Luchese, que conduziu os experimentos necessários para o registro.

Nestes experimentos verificou-se que o remineralizador promoveu melhorias no pH do solo e aumentos significativos nos teores de Cálcio e Fósforo nos solos utilizados. Mais experimentos a campos estão sendo conduzidos em parceria com da Minerpal com a UFPR para continuar a coleta de dados para demonstrar a eficiência do material e informações a respeito do melhor manejo deste no campo.

Registro – A Minerpal, através da engenheira Janete Curtis, iniciou o processo para registro do remineralizador em 2017, paralelamente ao início da pesquisa pela UFPR. Com a observação do potencial, o material foi enviado para análise e, em comparativo com as instruções normativas do MAPA, a empresa concluiu que realmente o produto se enquadra na categoria de remineralizadores.

Partindo desse princípio, foi feito parceira com a UFPR - Universidade Federal do Paraná Setor Palotina, através do Prof. Dr. Augusto Vaghetti Luchese, para realizar o laudo de viabilidade agronômica.

Então no dia 11 de dezembro de 2018 foi protocolado o pedido de Registro do Estabelecimento junto ao SIPEAGRO e no dia 16 de maio de 2019 foi a data da concessão do Registro do Estabelecimento. A partir daí, liberou para a solicitação do Registro do Produto, que em 13 de agosto de 2019 foi concedido para a empresa Minerpal.

E a partir de agora a Minerpal é devidamente registrada no Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento–MAPA, sob o Nº 749-8, na área de Fertilizantes, Inoculantes e Corretivos e classifica-se como produtor na categoria de Remineralizadores sob o registro Nº 749-8.000001.

Agradecimentos – A Minerpal agradece a todos que de alguma maneira contribuíram para que o registro deste produto fosse possível. Agradecimento especial ao Dr. Eder Martins, que sempre esteve disposto em auxiliar com todas as dúvidas que surgiram nesse período, e ao Prof. Dr. Augusto Vaghetti Luchese da UFPR que acreditou nesta parceria. A empresa agradece também a todos os clientes que acreditaram neste trabalho.

Remineralizar solo com pó de rocha A Lei 12.890 de 10 de dezembro de 2013 altera a Lei 6.894 de 16 de dezembro de 1980, incluindo os remineralizadores como uma categoria de insumo destinado a agricultura.

VANTAGENS - Indução de crescimento de raízes em maior quantidade e mais desenvolvida aumentando o pH do solo e reduzindo a toxidez de alumínio; - Aumento do sequestro de carbono; - Melhor vigor e aumento da eficiência de uso de nutrientes e da água; - Aumento da capacidade de troca de cátions pela formação de argilominerais 2:1; - Contribui para a resiliência do sistema produtivo; - Atua diretamente na liberação dos minerais contidos no solo e também na liberação dos minerais da adubação de plantio e cobertura; - Aumenta a eficiência do uso de nutrientes; - Diminui a perda de nutrientes; - Melhor produtividade devido as características físico químicas do solo; - O efeito pode se estender por até 4 ou 5 anos consecutivos; - Os níveis de fertilidade são crescentes e os resultados observáveis até 5 anos após aplicação; - Vegetação e frutos mais saudáveis devido ao aumento de nutrientes; - Melhora a resistência das plantas, podendo reduzir o uso de agrotóxicos; - Estimula a atividade biológica do solo e das raízes das plantas cultivadas.

Informações: Tel.: (44) 3649-5005 | WhatsApp: (45) 99921- 4855 / (44) 99883-0123 | e-mail: dprojetos@minerpal.com.br Endereço: Vila Paraíso S/N – Zona Rural CEP: 85.950-000 - Palotina-PR


Folha de Palotina e região

Empresa Jornalística Folha de Palotina Ltda. - CNPJ 81.680.688/0001-08

Rua Vereador Antonio Pozzan, nº 573 - Centro - Palotina/Paraná - CEP: 85.950-000

(44) 3649-2690 - Jornal impresso semanário

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram