Buscai, em primeiro lugar, o Reino de Deus


Na Quarta-feira de Cinzas iniciamos o Tempo da Quaresma. Tempo de graça que nos prepara para a celebração do mistério pascal de Jesus Cristo, paixão, morte e ressurreição, centro de nossa fé cristã-católica. Somos convidados a refletir intensamente sobre o nosso Batismo e a vocação que nasce do Batismo onde nos tornamos filhos e filhas de Deus inseridos em uma comunidade com o compromisso de transformar tudo o que nos rodeia em sinal de vida nova. Três atitudes devem nos acompanhar neste período: o jejum, relação consigo mesmo, oração, relação com Deus e esmola, relação com os outros.

Este primeiro domingo acompanhamos as tentações de Jesus e sua firme disposição de continuar sua missão até o fim. Ele se torna para nós um modelo. Através da Palavra de Deus e por sua comunhão com o Pai, ele vence o mal; porque confia no Pai e coloca a sua vida em suas mãos. Se repararmos bem, as tentações questionam justamente a sua filiação divina e sua missão. Ele se mantém fiel até o fim: “Ele, apesar de sua condição divina, não fez alarde de ser igual a Deus, mas se esvaziou de si e tomou a condição de servo, tornou-se obediente até à morte, morte de cruz” (Fl 2,6-8).

Jesus nos ensina que também nós podemos vencer as dificuldades que todo dia encontramos na vivência de nossa fé e nos desafios de colocar Deus no centro de nossas vidas e orientar nossas escolhas a partir da fé. O texto de hoje coloca em evidência a pergunta: O que dá sentido à vida humana? O homem não busca Deus, mas o pão, milagres e poder. Ele vai atrás daquilo que lhe dá segurança. No deserto, Jesus revela que é Deus que dá vida ao ser humano, por isso ele não se afasta do projeto de Deus, não aceita uma fé que se nutre de sensações; recusa a lógica do poder e rejeita a pretensão do ser humano que quer absolutizar a si mesmo e os bens que possui. Jesus coloca a sua vida a serviço do projeto do Pai: salvar a humanidade.

A CNBB apresenta a Campanha da Fraternidade como caminho de conversão quaresmal, como itinerário do cultivo e do cuidado comunitário e social. “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” é o tema da Campanha para a Quaresma em 2017. O lema é inspirado no texto do livro do Gênesis 2, 15: Cultivar a e guardar a criação. A CF tem como objetivo geral: “Cuidar da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, dons de Deus, e promover relações fraternas com a vida e a cultura dos povos, é luz do Evangelho” (Texto-base CF 2017, p. 9).

Maria, mãe das dores e da esperança, nos ajude a caminhar durante esta Quaresma na direção da vida plena do Cristo Ressuscitado.

Dom João Carlos Seneme, Bispo da Diocese de Toledo


Folha de Palotina e região

Empresa Jornalística Folha de Palotina Ltda. - CNPJ 81.680.688/0001-08

Rua Vereador Antonio Pozzan, nº 573 - Centro - Palotina/Paraná - CEP: 85.950-000

(44) 3649-2690 - Jornal impresso semanário

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram